top of page
banner 3.jpeg

Da nossa família, para a sua

Como é feito o açaí? Entenda o processo que a palmeira passa para chegar a você


Talvez você até saiba de onde vem o açaí, mas você conhece o processo que a semente passa até chegar nas nossas tigelas?



O açaí é um fruto brasileiro cultivado predominantemente na região amazônica. Com cor escura, que vai do roxo ao preto, o fruto arredondado nasce em cachos e, na maioria das vezes, em locais com solos mais úmidos ou alagados.


Mesmo sendo um fruto característico da Região Norte do país, o açaí se popularizou nacionalmente e é utilizado de diversas formas na culinária brasileira, já que possui muitas propriedades nutricionais.


No Brasil, cerca de 90% da produção está no estado do Pará.


A palmeira do açaí pode atingir mais de 20 metros de altura, e o fruto é formado em cachos. Cada palmeira costuma ter cerca de quatro cachos por ano e cada um deles pode produzir uma quantidade aproximada de três a seis quilos do fruto.

Por ser uma fruta cultivada na região da Amazônia, o açaí exige uma boa logística de produção e distribuição - principalmente porque ele vem sendo cada vez mais consumido em diferentes estados brasileiros. Entenda melhor como funciona todo esse processo:


1. A semente é germinada e depois plantada no campo


Para começar, a semente do açaí é plantada em uma área destinada para o processo de germinação - o que ocorre no período de 30 ou 45 dias. Depois disso, a semente germinada ainda é guardada por pelo menos mais um mês até o plantio de fato. Passado esse tempo, a semente é finalmente cultivada no campo, onde leva até 7 anos para crescer bem e gerar os primeiros cachos de açaí. Não é pouco tempo, não é mesmo? O período de safra dessa fruta, para quem não sabe, ocorre entre janeiro e início de agosto.


2. As frutas são colhidas e transportadas em caixas


Após o surgimento dos cachos nas palmeiras, é realizada a colheita e, então, os frutos são transportados em grandes caixas - encaminhados para um setor específico da indústria. Nesse local, eles passarão por um processo mais detalhado de lavagem e separação.


3. É realizado um processo de lavagem


Chegando nessa nova área industrial de produção, os frutos são lavados em tanques com água clorada (um processo que leva por volta de 30 minutos) e, depois, são peneirados. Em seguida, ocorre uma nova lavagem, que serve especificamente para a retirada do cloro. Por fim, o açaí é armazenado em um outro tanque de água, onde aguarda até o processo de despolpamento e congelamento.


4. Ocorre o 'despolpamento' e congelamento do açaí


Após a lavagem, os frutos são encaminhados para uma máquina "despolpadeira" que serve para separar a polpa das sementes com mais rapidez. Em seguida, a polpa é encaminhada para os setores de embalagem e congelamento. Depois de todo esse processo, o açaí já está pronto para ser distribuído e vendido em diferentes locais do Brasil. Embora o açaí seja mais produzido e vendido em forma de polpa, existem setores da indústria que também extraem o pó da fruta para diferentes fins (produção de cosméticos ou diferentes alimentos).


Curiosamente, cada região do Brasil tem um costume diferente para consumir o açaí. No Norte e Nordeste, principalmente, ele ocupa um lugar de alimentação básica e é consumido com outros alimentos, como arroz, feijão, carnes, camarão, farinha de tapioca e outros.


Já nas regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste, o açaí é mais considerado uma sobremesa. Sua polpa é utilizada para a produção de sorvetes, vitaminas e diversas misturas geladas que recebem o acréscimo de frutas e guloseimas para as refeições da tarde ou noite.


Essas são algumas das características de cada local, mas as diversas formas de consumo podem ser apreciadas em qualquer região.


Você já provou o Frooty Açaí? Rico em nutrientes leve e natural.


bottom of page