top of page
banner 3.jpeg

Da nossa família, para a sua

Amendoim: curiosidades e fatos interessantes sobre a planta



A planta de amendoim é nativa do território sul-americano, especificamente entre o Brasil e a Bolívia. Atualmente, entre os maiores produtores de amendoim, registramos China, Índia, Nigéria e Estados Unidos. Por outro lado, as variedades mais valorizadas são cultivadas em Israel: a fruta produzida nesta área tem uma casca de ouro e é particularmente resistente a torrefação.


A planta de amendoim é uma planta herbácea anual, não atinge grandes dimensões (a altura permanece entre 30 e 80 centímetros) e pertence à enorme família leguminosae. Como outras leguminosas, o amendoim forma sementes no interior das vagens. A vagem do amendoim cresce embaixo da terra úmida, onde suas sementes se desenvolvem.


  • Curiosidades:

Existem descobertas fósseis de amendoins muito antigos, o que sugere que essa planta já era conhecida e criada pelo homem em tempos muito distantes.


Em alguns lugares, o amendoim é consumido apenas como aperitivo, mas em muitos outros lugares do mundo os usos dessa leguminosa são múltiplos. No Oriente, por exemplo, é normalmente usado para obter um óleo muito mais leve que o azeite. Este óleo pode ser usado imediatamente ou alternativamente refinado. Os produtos derivados do refino são um excelente óleo para fritar e margarina.


Nos Estados Unidos, o amendoim encontra outro uso. Os frutos, após a torrefação, são reduzidos à pasta e são utilizados na produção de manteiga de amendoim. A manteiga de amendoim foi inventada e patenteada em 1884 por Marcellus Gilmore Edson, esmagando amendoins tostados para obter uma pasta para espalhar. Provavelmente, existe uma lata em todas as cozinhas americanas.


Rico em vitamina E e zinco, o amendoim é um dos mais conhecidos entre os alimentos afrodisíacos que aumentam a libido do homem. É responsável por aumentar a potência sexual e reforçar a energia masculina.


  • Fatos:

Certamente, para muitos, uma história inacreditável, porque sempre houve quem associasse amendoins a frutas secas, semelhante a amêndoas, nozes, pistache, avelãs e pinhões. Mas não. De fato os amendoins não são frutas nem castanhas, mas compartilham apenas a textura crocante e o alto teor de óleo dos frutos secos, além da presença de substâncias benéficas para o organismo, como vitamina E e antioxidantes.


Na realidade, porém, amendoins são para todos os efeitos leguminosas que, ao contrário de todas as outras de sua família, são consumidos secos ou torrados, tanto como lanche quanto como ingrediente em muitas receitas doces e salgadas. O amendoim é um alimento muito calórico - contém cerca de 600 calorias por 100 gramas.


Mas eles também são uma fonte de nutrientes como a vitamina E, que previne o envelhecimento celular, realizando uma ação antioxidante e tornando a pele mais brilhante e mais elástica. A presença de ácido oleico, uma gordura insaturada contida no azeite extravirgem, também reduz os níveis de colesterol ruim no sangue e tem uma função vasodilatadora.


O amendoim é particularmente recomendado para mulheres na menopausa, porque eles também são ricos em genisteína isoflavona. A manteiga de amendoim é um alimento rico em energia e uma fonte de gorduras boas, recomendado inclusive para esportistas consumirem especialmente no café da manhã ou antes do treino.


bottom of page